Atendimento



Unidade I


Segunda a Sexta

07h ás 19h


Sábado

08h ás 12h


(11) 4586-3674

(11) 99292-5705

Rua Portugal, 177

Jundiaí-SP





Unidade II


Segunda a Sexta

07h ás 18h


(11) 4807-2635

(11) 94558-1994

Rua Bélgica, 143

Jundiaí-SP

Terapia ocupacional


     A Terapia Ocupacional, em indivíduos portadores de lesões neurológicas, tem por objetivo, através da utilização de atividades terapêuticas, promover a independência nas atividades da vida diária e prática, diminuindo a ociosidade e garantindo uma melhora na qualidade de vida e nas dinâmicas familiar e social deste indivíduo.

     A Terapia Ocupacional, em Estimulação Visual, tem como objetivo detectar precocemente as alterações funcionais da visão, através da observação do comportamento visual da criança, evitando deficiências secundárias, decorrentes da deficiência visual, assim como avaliar e trabalhar a funcionalidade e a eficiência visual e auxiliá-la em seus interesses e expectativas em relação aos aspectos emocional e familiar.

      Terapia de mão - tratamento que se baseia na avaliação e na aplicação de técnicas para prevenir a disfunção, restabelecer a função ou impedir a evolução de patologias que levem o indivíduo à incapacidade de usar adequadamente o membro superior nas atividades do dia-a-dia. É uma das áreas de especialização da Terapia Ocupacional, para profissionais, que atendem pacientes traumatizados ou que apresentam seqüelas osteoarticulares ou neuromusculares e se caracteriza pela intervenção precoce. A maior demanda na área é o tratamento após as lesões traumáticas, nas cirurgias reconstrutivas e antes ou após as cirurgias ortopédicas reparadoras ou funcionais. Geralmente, o terapeuta de mão, está ligado, profissionalmente, a serviços especializados, ou atuando diretamente com cirurgiões de mão.

     A Terapia Ocupacional, em Saúde Mental e Psiquiatria, tem, como forma de tratamento, a atividade orientada, visando capacitar o indivíduo para sua funcionalidade máxima e possibilita a independência e a integração, no contexto familiar.

     Objetivos terapêuticos - Preservar a auto-identidade e o contato com a realidade; propor formas de alívio da ansiedade, uso construtivo do tempo, elaboração de conflitos internos e melhoria das relações interpessoais.






Voltar